Como cuidar dos diferentes tipos de suculentas? Qual o melhor jeito de multiplicar as suculentas?

Jéssica Varjão

Engenheira Agrônoma, sócia-proprietária do Armazém Natural, aquariana é muito sonhadora, sou apaixonada por assuntos que envolvam plantas, animais, moda e viagens,e estou sempre disposta a compartilhar ideias!

Suculentas são a nova sensação do momento, e não é a toa, são lindas, delicadas, versáteis, e principalmente, são fáceis de cuidar.

Em uma visão geral:

  • As suculentas preferem solos bem drenados,
  • Quanto à luminosidade essas plantas precisam de pelo menos 4 horas diárias de sol (nunca em sombra ou em luz direta). O formato das folhas é o que vai definir a quantidade de sol que ela precisa. Folhas separadas ou com um comprimento fora do comum significa que a sua planta precisa de mais luz. Uma suculenta saudável é aquela que tem as folhas sempre bem juntinhas umas das outras.
  • Quanto à rega, eu indico o teste do palito, já que a quantidade de regas vai depender do clima, da estação do ano, da drenagem, do tipo do solo….Esse teste consiste em colocar um palito até a metade do vaso/solo, se sair seco, coloque uma medida de água em copinho de café e regue  (com moderação e bom senso hahaha, nada em excesso), lembrando, regue somente o solo nunca as folhas pois elas podem apodrecer.

Cactos e suculentas podem nos confundir, todo cacto é uma suculenta, mas nem toda suculenta é um cacto ( filosofia para vida hahaha), no Brasil existem cerca de 200 espécies de cactos e suculentas, obviamente que não podemos cuidar de todas essas plantinhas da mesma maneira, cada espécie possui sua particularidade, pergunte ao vendedor se adquirir em alguma loja especializada, use o Google ou pergunte pra mim se surgir alguma dúvida sobre alguma espécie específica.

A Thaisa fez um post mostrando um passo a passo de como fazer o plantio em vasinhos, vou só complementar um pouquinho o post dela falando sobre a multiplicação que é bem simples, é uma planta muito fácil de “pegar” se você gostar muito de alguma espécie basta você colocar uma folha fincada no solo que em pouquíssimo tempo a raiz já começa a surgir.

Outra forma de multiplicar é cortar o caule, porém nesse caso, aguarde uns 2 dias para fazer o plantio no solo, deixe-o secando nesse tempo, pode parecer loucura mas se você fizer o corte e logo plantar a uma grande chance da planta encher de fungos.

Espero ter te ajudado.

Marcado com ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: