4 Plantas Medicinais Para Cultivar em Casa

Jéssica Varjão

Engenheira Agrônoma, sócia-proprietária do Armazém Natural, aquariana é muito sonhadora, sou apaixonada por assuntos que envolvam plantas, animais, moda e viagens,e estou sempre disposta a compartilhar ideias!

A primavera já chegou! Para quem gosta de jardinagem essa é uma das épocas mais prazerosas, pois as plantas estão se preparando para nos presentear com sua roupagem mais bonita. Pra quem já tem o seu cantinho, ou para quem ainda quer montar seu próprio jardim, que tal fugir do convencional? Além de plantas ornamentais, árvores frutíferas, verduras… Que tal colocar algumas plantas medicinais para cultivar em casa? Especialmente você que mora em apartamento ou tem pouco espaço!

Particularmente é um assunto que gosto muito. Quem me conhece sabe o receio que tenho de tomar medicamentos, quase tudo pra mim pode ser resolvido com um cházinho (porém faço isso com muita precaução e pesquisas, o limite entre o veneno e o remédio é a dose).

E ai, vamos transformar alguns vasos em farmacinhas?

Cada plantinha tem sua particularidade. Para ajudar vocês, vou dar dicas de algumas medicinais que eu considero serem importantes para seu espaço.

Calêndula

Seu vaso precisa ter pelo menos 20 cm de altura para que a raiz se desenvolva bem, não exige um solo muito úmido. A calêndula tem preferência pelo sol pleno. Para quem não tem muita experiência com plantas ela é ideal, pois não exige muitos cuidados, é resistente, e possui ciclo de vida anual.

Além de dar uma linda cor ao seu espaço ela é rica em compostos medicinais, dentre as dezenas de benefícios, destaco:

  • Repelente natural de insetos,
  • Para uma rápida cicatrização amasse algumas flores da planta em uma gaze e coloque sobre ferimentos fechados como: picada de insetos, furúnculos, hematomas.
  • O próprio chá preparado com uma colher de sopa de flores para 1 litro de água ajuda a amenizar cólicas menstruais e sintomas de gastrite.

Hortelã

Preferem locais ensolarados, ou em sombra parcial. A hortelã exige um solo sempre úmido e muito fértil. Para isso, adube sempre que perceber sinais de falta de nutrientes como folhas amareladas ou estagnação no crescimento. O interessante é que é possível colher as hastes até três vezes no ano por até seis anos. Você pode plantar em vaso baixo, pois, a hortelã não tem raízes profundas.

É uma erva aromática de sabor refrescante, utilizada nos temperos de muitos pratos. Como medicinal ela é usada para:

  • melhorar digestão
  • aliviar cólicas
  • reduzir gases intestinais
  • perfeita para sucos detox

Camomila

A camomila prefere climas amenos, porém em altas temperaturas sua floração é antecipada. Gosta de solo úmido, e locais com boa iluminação. Opte por vasos com pelo menos 30 cm de altura, possui ciclo de vida anual.

A camomila é uma planta ornamental mas tem muitos benefícios.

  • seu chá tem propriedades digestivas e calmantes, muitos usam para aplicar na pele ou no cabelo (eu particularmente gosto da camomila para diminuir minha ansiedade e insônia)
  • usada também para eliminar gases, cólicas em bebês e até dores musculares.

Babosa (Aloe Vera)

A Babosa é uma planta fácil de cuidar. Ela exige um solo bem drenado e mais arenoso, por ser uma suculenta não exige muitas regas, uma vez por semana é suficiente. Ela precisa ser colocada em local bem iluminado, recebendo pelo menos 8h de sol por dia.

Também usada como planta ornamental, como medicinal a babosa tem muitos benefícios.

  • É um ótimo cicatrizante
  • bactericida
  • hidratante de pele e cabelo, entre outros

Se por acaso se queimar, o gel da folha alivia na dor, misturado ao creme de cabelo traz uma maciez e hidratação sem igual.

Lembrando que todos esses vasos devem ter furinhos embaixo para um bom sistema de drenagem. Os pratos devem conter pelo menos areia, para evitar acumulo de água e o temido mosquito da dengue.

Bons cultivos!